História

Congregação das Irmãs Franciscanas do Sagrado Coração de Jesus

Tudo começou quando Laurence Riviere Dejean, uma jovem de 19 anos, que hesitante sobre o seu futuro recorre ao Cura D'ars, ou seja, São João Maria Vianey, homem inspirado por Deus, para orientá-la sobre seu futuro. Surpresa ouviu estas palavras: “Sereis religiosa um dia em vossa cidade natal”. Vendo nessas palavras a manifestação da vontade divina, ela se orientou desde então para os bens do alto, entregando-se de corpo e alma, às obras de evangelização e caridade.


Laurence nutria sua alma com a leitura da Sagrada Escritura e o culto à mãe de Deus, que escolheu como modelo.


Por esse tempo, o Cura da Catedral de São João, o Revmo. Cônego Bouisse e seu coadjutor Pe. Féliz Brunel projetaram fundar uma casa para recolher crianças vítimas do conflito entre católicos e protestantes e o serviço aos doentes a domicílio. Conhecendo Laurence e suas colaboradoras, expuseram a elas o seu duplo projeto. Vendo neste apelo “a hora de Deus”, deram o seu sim prontamente.

A obra foi crescendo e assim nasceu a Congregação das Religiosas da Pequena Família do Sagrado Coração de Jesus, a 03 de junho de 1864, Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, na cidade de Alès, Sul da França. Laurence recebeu o nome de Madre Francisca do Sagrado Coração e sua colaboradora mais direta, Sophia Veillon, recebeu o nome de Madre Joana do Calvário.

 

Em 09 de junho de 1890, chegaram as primeiras Irmãs ao Brasil. Começaram a surgir muitas vocações brasileiras e a Congregação foi se expandindo cada vez mais.


Hoje ela tornou-se brasileira e é conhecida como Congregação das Irmãs Franciscanas do Sagrado Coração de Jesus, presente em vários estados do país.

Rua Edgard Werneck, 431 
Freguesia – Rio de Janeiro - RJ

  • YouTube Social  Icon
  • Facebook App Icon
  • Twitter App Icon
  • Instagram App Icon

© 2016 by Rede Franciscanas

Criado por: Encena Soluções de Marketing

Imagens e vetores: Acervo próprio e freepik.com

Todos os direitos reservados.

Tel.: 21 3094-4144